Sexta-feira, 27 de Julho de 2012

cinza claro em dias de verão...

A cidade está soturna debaixo de um tom cinza claro e um fresco demasiado fresco para dias de verão... mas lá em cima... o sol brilha... os pássaros cantam e a vida vai-nos ensinando que é das coisas simples que nasce a felicidade!

(A vida como ela é!)
publicado por tartaruga às 11:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 13 de Junho de 2012

Do tempo...

Há momentos...
pequenos e imensos em que o tempo nos escorre por entre os dedos da alma e tudo em nós se esbate e desvanece!!!
publicado por tartaruga às 10:53
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 5 de Junho de 2012

Pensamentos e pequenas coisas...

Há coisas pequenas... ou pequenas coisas... que nos fazem sentir tão grandes... como se o Mundo inteiro coubesse dentro de nós!!!
publicado por tartaruga às 09:48
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 31 de Maio de 2012

Estar...

... Em modo "Cast Away"... just "keep breathing"!!!
publicado por tartaruga às 09:52
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Maio de 2012

Poesia

O ar à minha volta
Está pesado... doce... e quente...
Repleto de poesia que me toca...
Sinto-a à minha roda...
Num sorriso pequeno...
Como quem diz... anda... acorda... estou mesmo aqui
À tua volta... à tua roda... na tua dança...
Pega-me nas palavras... junta pequenos sentires... nostalgias e saudades
Junta-lhe raiva... medo ou gritos secretos...
Junta o que quiseres... mas forma-me em palavras...
À tua roda... na tua dança...
Pega-me... desenha sentimentos...
Forma-me em palavras... reveste-me de ideias
E verte-me imortal numa folha de papel... real ou virtual...
Imenso ou reduzido... não importa!
Verte-me... nem que seja discretamente...
Forma-me em palavras...
À tua roda... na dança da tua alma!!!



(Da fada da poesia... mensagem para um eu presente, em "cartas a um desconhecido")
publicado por tartaruga às 14:36
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Momento - do Ser... "Tudo o que sou não é mais do que abismo"

Tudo o que sou não é mais do que abismo
Em que uma vaga luz
Com que sei que sou eu, e nisto cismo,
Obscura me conduz.

Um intervalo entre não-ser e ser
Feito de eu ter lugar
Como o pó, que se vê o vento erguer,
Vive de ele o mostrar.

 Fernando Pessoa

 

Daqui

 

publicado por tartaruga às 12:46
link do post | comentar | favorito
|

Possibilidade(s)

Ser Real... ou fazer parte da Realidade?!?!

publicado por tartaruga às 12:44
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Julho de 2010

...!!!

publicado por tartaruga às 18:22
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

Num breve bater de asas...

Borboletas esvoaçam… num velho papel encardido…

Desenham círculos perfeitos num breve bater de asas…

Esvoaçam levemente…

E do outro lado do infinito…

… Poisam… com a suavidade de um beijo fugidio…!

 

As borboletas dançam… para além do universo!!!

publicado por tartaruga às 13:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Julho de 2010

Comunica(n)ção...

A maior parte das vezes… a mensagem mais importante é a que fica por verbalizar…!

publicado por tartaruga às 14:02
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Definições...

saudade (a-u)

s. f.

1. Lembrança grata de pessoa ausente ou de alguma coisa de que nos vemos privados.

2. Pesar, mágoa que essa privação nos causa.

3. Bot. Suspiro (planta dipsacácea).

4. Nome dado no Brasil a várias plantas.

 

 

Hummm… a mim parece-me muito mais do que isto!!!!

 

publicado por tartaruga às 09:33
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 4 de Maio de 2010

the speening wheel...

Saboreio o silêncio, um piscar de olhos, o fim da música...
Respiro fundo, um ar pesado, lento... desprovido de tempo... de som...
Um piscar de olhos, um pensamento que escapou, uma ideia fugidia, uma memória perdida...
Silêncio... curto, pequeno, escuro... precioso...
O som cortante, repentino... repetido... invade o espaço e todo o tempo...
E o tempo foge, urge, some-se... por entre o ruído estridente das horas que correm, que fogem... que se perdem...
Até ao próximo silêncio, um piscar de olhos, o fim da música,
O voo lento de um pássaro ao pôr-do-sol, a imagem reclamada de um castelo encantado...
Uma janela que se abre sobre um céu colorido com o fim do dia...
O piscar de olhos, um segundo de recordação...
Respiro fundo... abro olhos, abro a porta, abro a vida para o ruído do espaço circundante...
Tem de ser... tenho que ser... temos que ser... nesta dança ruidosa, nesta multidão formatada...
E então... assim... todo o real acontece!!!






"We're groun ups! How did that happened? And how do we make it stop?!" (Anatomia de Grey)
publicado por tartaruga às 09:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Abril de 2010

Dos sentimentos às palavras...

Há sentimentos que não precisam de palavras...
Há palavras que não precisam ser ditas...
Que não precisam ser gastas...
Que não precisam ser inventadas...
Há simplesmente sentimentos que não precisam de palavras...
... e palavras que não precisam de ser verbalizadas...
Para serem sentidas!!!
publicado por tartaruga às 14:05
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Abril de 2010

Dia-a-dia...

... circular nos astros...
... enroscar em estrelas e no silêncio sentir a magia do universo a falar!
.... caminhar lá em cima, depois da última nuvem no horizonte...
... sonhar... sentir... azul!!!
publicado por tartaruga às 09:23
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Do tempo...

Passa apressado…

Passa e leva…

Leva e trás…

Sonhos de “eus” que poderia ter sido…

Passa lento…

Passa quando o pensamento se perde

Num voo lento que passa…

Dos pássaros ao pôr-do-sol…

Passa lento no vento que murmura…

No sol de inverno…

Passa rápido… passa lento… mas passa sempre…

Reflecte brilhos, conta estórias, desvenda segredos…

Solta suspiros, lança murmúrios, reflecte gargalhadas, reaviva memórias

Passa… lento em mil horas de vidas por viver…

Passa e constrói pontes…

Pontes de confiança, pontes de respeito…

Pontes que brilham impenetráveis…

Mesmo quando já nada resta das memórias que o tempo levou…

Somente o sorriso confiante de que a ponte jamais cairá!



Cartas a um desconhecido/ mensagem para um eu passado!!!
publicado por tartaruga às 17:32
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 17 de Março de 2009

Os meus doces...

O doce herói rebelde

e o

 

doce simpático ternurento

 

 

"yágo e bábás"

sinto-me: cheia de sorte!!!
publicado por tartaruga às 15:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2008

Bons amigos...!!!

 

 

Quem é que se lembra de ver o Natal dos Hospitais a preto e branco, hein?!

E isso ser o ponto alto da televisão durante as férias do natal... ahhhhh as férias do natal... também me lembro delas...!!!!

Quem é que se lembra do Coro de St. Amaro de Oeiras a cantar: - " No Natal pela manhã.... lálálá... lálá!!!"

 

 

Enfim... isto tudo para dizer:

 

A todos vocês, que NUNCA me deixaram fazer coisas estúpidas sózinha...

 

UM NATAL MUITO FELIZ!!!

 

E que o Pai Natal (sim, sim... ele existe) vos deixe um sapatinho recheado de sonhos realizados e muita luz!!!!!

 

 

************* 

 

sinto-me:
publicado por tartaruga às 15:34
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 19 de Setembro de 2008

Continuação do post anterior...

Acabei de a ouvir na rádio... consegui visualizar-nos... no palco... todas as vezes que a cantámos... e tantas vezes a cantámos como um grito... com a alma a doer por dentro... consegui ver-nos lá... no meio... a cantar... mal... mas a cantar com toda a réstia de força que conseguiamos transformar em sorrisos confiantes... mesmo quando só nos apetecia chorar!!!

 

 

 Porque quem canta mal, canta sempre!!!

 

  

Bota saudades nisso!!!

sinto-me:
música: I will survive
publicado por tartaruga às 11:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

I will survive...

 


At first, I was afraid, I was petrified.
Kept thinkin' I could never live
Without you by my side,
But then I spent so many nights
Thinkin' how you did me wrong.
And I grew strong
And I learned how to get along.

And so you're back from outer space.
I just walked in to find you here
With that sad look upon your face.
I should've changed that stupid lock,
I should've made you leave your key,
If I had known, for just one second,
YouÂ’d be back to bother me.

Well, now go! Walk out the door!
Just turn around now,
'Cause you're not welcome anymore!
Weren't you the one
Who tried to hurt me with goodbye?
Did you think I'd crumble?
Did you think I'd lay down and die?

Oh no, not I! I will survive!
Oh, as long as I know how to love,
I know I'll stay alive!
I've got all my life to live.
I've got all my love to give.
And IÂ’ll survive! I will survive!
Hey, Hey!

It took all the strength I had
Not to fall apart
And trying hard to mend the pieces
Of my broken heart.

And I spent, oh, so many nights
Just feeling sorry for myself.
I used to cry,
But now I hold my head up high!

And you'll see me, somebody new,
IÂ’m not that chained up little person
Still in love with you.

And so you felt like droppin' in
And just expect me to be free,
But now I'm savin' all my lovin'
For someone who's lovin' me!

Go now! Go! Walk out the door!
Just turn around now!
'Cause you're not welcome anymore!
Weren't you the one
Who tried to break me with goodbye?
Did you think I'd crumble?
Did you think I'd lay down and die?

Oh no, not I! I will survive!
Oh, as long as I know how to love
I know I'll stay alive!
I've got all my life to live.
I've got all my love to give.
And I'll survive. I will survive! Oohh..

Go now! Go! Walk out the door!
Just turn around now!
'Cause you're not welcome anymore!
Weren't you the one
Who tried to break me with goodbye?
Did you think I'd crumble?
Did you think I'd lay down and die?

Oh no, not I! I will survive!
Oh, as long as I know how to love
I know I'll stay alive!
And I've got all my life to live.
And I've got all my love to give.
And I'll survive. I will survive! I will survive!

sinto-me:
música: I will survive - Gloria Gaynor
publicado por tartaruga às 10:51
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Tempo...

Gosto de bancos de jardim...

Gosto de os observar...

Medir bem a forma que o sol ganha por entre a madeira...

Gosto especialmente de imaginar quantas pessoas terão esperado sonhos sentadas num banco de jardim...

Quantas terão tecido ilusões... enquanto sentiam o tempo passar...

O banco de jardim, para mim, personifica tudo o que se espera, tudo o que se sonha... tudo o que se pode ou não alcançar... enquanto suavemente se sente... a magia do tempo a passar!!!

sinto-me:
tags: , ,
publicado por tartaruga às 11:40
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Around & around... uma viagem ao passado imaginário!!! - I

 

 

        Caminhos trilhados...

                    

                               

             Sonhos trocados... 

                                  

                                           

                 Sons apagados...

  

  

  

 

 

 

 

 

publicado por tartaruga às 17:35
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 26 de Agosto de 2008

Aqui...

A trupe reunia-se assim que despontavam os primeiros raios de sol nos inícios de Agosto...

 

Os Verões eram mágicos...

 

Os dias contados ao sol, as horas passádas a rasgar o mar até às bóias, os saltos encarpados nas rochas da Praia da Raínha... as noites encontradas no café do Bairro... encantadas no Largo de Camões, no 24, nos 300... e nos pesseguinhos...

 

E quando a maré teimava em nos levar as esperanças... às vezes sussurávamos segredos à beira mar, na escuridão da água... no reflexo da lua e das luzes dos barcos no mar...!!!

 

 

Sentíamo-nos confiantes...com o mundo nas mãos... desafiámos astros... desfizémos garrafas em jogos idiotas e construímos pontes... pontes de sorrisos... de compreensão... às vezes de lágrimas... pontes sustentádas de areia e mar e sol e mesmo hoje... quando já não somos donos daquele pedáço de nada... oiço os ecos das gargalhadas que partilhámos chegarem de longe nas ondas da maré e vejo as pontes que erguemos... lá... por entre os raios ofuscantes do sol escaldante!!!

 

  "Amores de verão... enterram-se na areia!!!"

sinto-me:
música: Rain (The Cult)
publicado por tartaruga às 15:17
link do post | comentar | favorito
|

Infância...

 

 

 

 

 

 

 

 

E por entre o calor sufocante... às vezes... aqui... cheira-me a casa... a memórias de dias que não conheço!!!

 

sinto-me:
publicado por tartaruga às 14:58
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Julho de 2008

magic

 

Dentro de ti... oh Leiria, vive uma moira encantada!!!

 

E a tua Moira, Leiria, não tem longos cabelos negros, olhos sonhadores e ar submisso...

 

A tua Moira encantada tem os olhos de mil cores e muitos sonhos por conquistar...

 

A tua Moira, Leiria... embriaga-se de vida, rodeia-se de mil sorrisos, mil mãos estendidas... mil corações prontos a encher-se de amizades eternas...

 

A tua Moira encantada... passeia-se à noite pelo terreiro e descobre as manhãs na fonte... a tua Moira, Leiria... conhece pela primeira vez os teus caminhos... as pequenas ruas... os becos reconditos... os perigos, as dificuldades de construir a vida em cada pedra de calçada... em cada traição... em cada segredo partilhado... em cada amizade conquistada!!!

 

A tua Moira chega de expresso, de carro... de comboio... fuma cigarros... bebe copos...  e eventualmente um dia poderá ou não partir... mas irá partir mais inteira... mais "crescida"... melhor pessoa... e certamente irá levar-te Leiria... dentro do seu coração... como cada eco de pessoa que nasce, renasce, cresce, vive, revive e muitas vezes, sobrevive em ti... permanece... dentro de ti... oh Leiria!!! 

sinto-me: vou propor alterarem a letra
publicado por tartaruga às 17:37
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

pequenas estórias... numa pequena cidade!!!

 

Era uma vez um café...

Pequeno! Vermelho! Escondido entre a igreja e o hotel!!!

Era uma vez um grupo...

Poucos! Gostavam de se refugiar entre as 2 ou 3 (não mais) mesas do café...

Era uma vez Setembro... quase fins... quando o frio começa a enrolar-se em espirais de fumo...

Quando o ar sente o cheiro dos primeiros dias pardacentos...!!!

Era uma vez uma cidade... repleta de sonhos... tantas vezes trocados... no silêncio de um café... pequeno, vermelho... escondido entre a igreja e o hotel!!!

Entre as 2 ou 3 (não mais) mesas do café!!!

publicado por tartaruga às 17:15
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

...

Do lixo interior

(Postado por Paulo Coelho em 12 de Julho de 2008 às 06:17)

 

Existe um lixo emocional: ele é produzido nas usinas de nosso pensamento, enquanto crescemos interiormente. São emoções que passaram por nossa vida e nos ajudaram - mas que não tem mais qualquer utilidade. São sentimentos que foram importantes no passado, - não no presente. São recordações de dor que nos amadureceram - e que agora não servem para nada. Não podemos carregar este lixo: ele foi feito para ser jogado fora. E, no entanto, apegados aos nossos sentimentos antigos, ficamos com pena deixá-los. Enchemos nosso porão espiritual com uma confusão de memórias inúteis, que ofuscam as nossas lembranças importantes. Não procure sentir coisas que você não está sentindo mais. Não procure ser como você era. Você está mudando - permita que seus sentimentos lhe acompanhem.

publicado por tartaruga às 17:51
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 3 de Junho de 2008

... ah poisé!!!

publicado por tartaruga às 13:56
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

Dreamy dreamy days...

Message in a Bottle
From the album Reggatta de Blanc (A&M)
Words and music by Sting

Just a castaway
An island lost at sea
Another lonely day
With no one here but me
More loneliness
Than any man could bear
Rescue me before I fall into despair

I'll send an SOS to the world
I'll send an SOS to the world
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
Message in a bottle

A year has passed since I wrote my note
But I should have known this right from the start
Only hope can keep me together
Love can mend your life
But love can break your heart

I'll send an SOS to the world
I'll send an SOS to the world
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
Message in a bottle

Walked out this morning
Don't believe what I saw
A hundred billion bottles
Washed up on the shore
Seems I'm not alone at being alone
A hundred billion castaways
Looking for a home

I'll send an SOS to the world
I'll send an SOS to the world
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
I hope that someone gets my
Message in a bottle

 

(Sting)

música: message in a bottle
publicado por tartaruga às 17:58
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

mesmo a calhar...

"prometo ser desobediente
e contestar todas as regras
que não entenda, que não apreenda
que não me expliquem
e que interfiram com a minha liberdade.
prometo ser inconformada
se ser conforme for assumir formas
que não a minha
e conformada for aceitar
a imposição e aborrecimento duma rotina.
prometo ser mal-educada
e mandar à merda quem me disser:
sê conformada, tem paciência
a vida é isto, a vida é assim.
Prometo ser inconveniente
se a conveniência não me servir
e conveniência for conivência
aceitação, anulação e conformismo.
ninguém nasce de trela e mordaça
portanto, eu
prometo ser eu!
desobediente, inconveniente
inconformada, mal-educada
e mandar à merda vida e regras
quando e se me apetecer. "

(by Encandescente)

 

roubado daqui

sinto-me:
publicado por tartaruga às 14:15
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

... do tempo...

 

Vivemos a máscara, vezes e vezes sem fim… até que procuramos as pessoas que sabemos que sabem falar com a nossa alma… e quando a alma fala… todas as máscaras desvanecem… e somos só nós… genuinamente nós… essencialmente nós!!!
 
Tenho tantas saudades nossas…
 
Vai um chá?!
sinto-me:
publicado por tartaruga às 12:13
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Crescer...!!!

Da Anatomia...
 

Meredith: "We're adults. When did that happen? And how do we make it stop?".
 

sinto-me:
música: How to save a life
publicado por tartaruga às 10:39
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

Jonny...

O João
 Adorava The Cult... sonhava ser vocalista
 
O João
 Voava pelo ar em saltos encarpados, na rocha da praia da rainha… e sentia que podia fazer tudo... que sabia voar
 
O João
 Estava sempre bem disposto, mas tinha um brilho selvagem no olhar… um brilho de quem enfrenta a vida de frente
 
O João
 Era o melhor amigo do Filipe… e do Amílcar
 
O João
 Via um gato e dizia: “olha um gato! Piu piu piu…”, e toda a gente ria
 
O João
 Trabalhava numa óptica e adorava o que fazia… um dia foi despedido
 
O João
 Começou a falar de E.T.’s e raptos e coisas esquisitas
 
O João
 Perdeu o rumo…
 
O João não nos encontrou lá… onde perdeu o rumo!!!
 O João fez novos amigos…
 
O João hoje… faz 30 anos!!!
Parabéns Jonny... Parabéns Black Angel!!!
Black Angel
A fugitive has been away so long
A thousand years, and now he thinks of home
The long men are waiting in the wings
To put him in chains upon his return
Emptyness, his bitterness is gone
Journey on to the eternal reward

It's a long way to go
A black angel at your side
It's a long way to go
A black angel at your side

The sirens call a sailor to die
Enchanted by the sound, his desires have been found
In his mind, his life is rushing by
All this while, the storm it rages on
He's turning old, he shall never return
Sail on to the eternal reward

It's a long way to go
A black angel at your side
It's a long way to go
With that angel at your side

It's a long way to go
With the reaper at your side
It's a long way to go
A black angel at your side

The fugitive has been away so long
A thousand years, and now he thinks of home
The long men are waiting in the wings
To put him in chains upon his return
Emptyness, his bitterness is gone
Journey on to the eternal reward

Oh, no, never
Oh, no, never
Oh, no, no

It's a long way to go
A black angel at your side
It's a long way to go
With that angel at your side

It's a long way to go
With the reaper at your side
It's a long way to go
With that angel at your side
At your side

It's a long
It's a long, long, long goodbye
It's a long, long, long goodbye
(The Cult)
sinto-me:
música: Black Angel
publicado por tartaruga às 18:02
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Exorcismo ou talvez não...

Tenho gritos imensos, profundos e doridos... trancádos cá dentro...

Tenho gritos obscuros, mórbidos, cheios de medo... que querem desesperadamente desprender-se de mim...

Tenho gritos dilacerantes, altos, cortantes... a rebentar todos os poros dos meus sonhos...

Tenho gritos... monstruosos, secretos, silenciosos... a gritar por liberdade...

E grito... grito... e ninguém ouve os meus gritos cortados...

as lágrimas que substituem as palavras trancadas... os pequenos fôlegos que vou gritando...

 que ninguém ouve!!!

publicado por tartaruga às 14:27
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quinta-feira, 27 de Março de 2008

Em tempos de "Ritmos Azuis"

Artista – Toquinho/ Música – Aquarela/ Toquinho – Vinícios/ Guido Morra - Maurizio Fabrizio

Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo

E com cinco ou seis retas é fácil fazer um castelo

Corro o lápis em torno da mão e me dou uma luva

E se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva

Se um pinguinho de tinta cai num pedacinho azul do papel

Num instante imagino uma linda gaivota a voar no céu

Vai voando contornando

A imensa curva norte sul

Vou com ela viajando

Havaí, Pequim ou Istambul

Pinto um barco a vela branco navegando

É tanto céu e mar num beijo azul

Entre as nuvens vem surgindo

Um lindo avião rosa e grená

Tudo em volta colorindo

Com suas luzes a piscar

Basta imaginar e ele está partindo

Sereno indo

E se a gente quiser

Ele vai pousar

Numa folha qualquer eu desenho um navio de partida

Com alguns bons amigos, bebendo de bem com a vida

De uma América a outra consigo passar num segundo

Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo

Um menino caminha e caminhando chega num muro

E ali logo em frente a esperar pela gente o futuro está

E o futuro é uma astronave

Que tentamos pilotar

Não tem tempo nem piedade

Nem tem hora de chegar

Sem pedir licença muda nossa vida

E depois convida a rir ou chorar

Nessa estrada não nos cabe

Conhecer ou ver o que virá

O fim dela ninguém sabe

Bem ao certo onde vai dar

Vamos todos numa linda passarela

De uma aquarela que um dia enfim

Descolorirá

Numa folha qualquer eu desenho um sol amarelo

Que descolorirá

E se faço chover com dois riscos tenho um guarda-chuva

Que descolorirá

Giro um simples compasso e num círculo eu faço o mundo

Que descolorirá
sinto-me:
música: Aquarela
publicado por tartaruga às 15:25
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Mais um bocadinho de (Re)Viver



(continua)

 

Nesta cidade eu já fui rei,

 

Subi ao Castelo e enleei-me em longos sonhos

 

De liberdade e audácia

 

Esvoacei no éter e embriaguei-me de amizades eternas

 

Perdi-me em encruzilhadas,

 

Percorri cantos e recantos nas ruas da cidade adormecida

 

(continua)

sinto-me: como quem precisa de um chá
publicado por tartaruga às 15:11
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Janeiro de 2008

Poisé...

"Quando todos os dias ficam iguais, é porque deixamos de perceber as coisas boas que aparecem em nossas vidas."

 

"Estabelecer regras, preconceitos, ou padrões, apenas empobrece nossa busca. Estar aberto para a vida, é estar aberto para o próximo."

 

"O primeiro sintoma de que estamos matando nossos sonhos é a falta de tempo. As pessoas mais ocupadas têm tempo para tudo. As que nada fazem estão sempre cansadas."

 

Paulo Coelho

sinto-me: cansada
publicado por tartaruga às 17:45
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 19 de Dezembro de 2007

Feliz Natal

 

Este

Natal v Ou

m Ontar uma

árv Ore dentr O dO

meu c Oraçã O e nela

v Ou pendurar, em vez de

b Olas, O s nO mes de tO d Os

O s meus amigO s: Os antig Os e O s

mais recentes; Os amig O s de lO nge

e O de pert O; O s que vejO em cada dia

e Os que raramente enc O ntrO ; O s que sã O

sempre lembrad Os e O s que, muitas vezes, ficam

esquecid Os; O s das hO ras difíceis e O s das h Oras

alegres; Os que sem querer eu mag O ei O u O s que sem

querer me mag Oaram; aqueles que p O ucO me devem e aqueles

a quem muit O dev O ; O s meus amigO s humildes e Os meus amig O s

 imp Ortantes; O s nO mes de tO d Os Os que já passaram pela minha vida,

muit O especialmente t O dO s aqueles que já partiram e que lembr O c Om  tanta

saudade. Uma árv Ore de raízes muit O prO fundas e de ramO s muit O extens Os para

que Os seus n O mes nãO sejam arrancadO s d O meu c Oraçã O , de sO mbra muitO

agradável para que a n O ssa amizade seja um mO mentO de rep Ous O

nas lutas da vida.

Que seja Natal

   todos os dias do Novo Ano.

Votos de um Feliz Natal e um  Bom Ano Novo de 2008

cheio de Saúde, Paz e muito Amor

 

A Leninha mandou-me esta menssagem por e-maiç e eu gostei tanto dela que não resisti a "roubá-la"

E assim... aqui ficam os meus votos de:

 

   Um Feliz Natal, repleto de amor e luz e um Ano Novo cheio de maravilhosas surpresas e desafios brilhantes!!!

publicado por tartaruga às 14:53
link do post | favorito
|
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

...

Um cólinho por dia... basta um click: http://www.arcidadania.org/

 

publicado por tartaruga às 16:15
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 23 de Novembro de 2007

If You like Pina Colada!!!!!!!!!!!!!!!!! (para ler aos bérros:P)

Escape (The Pina Colada Song)
(Rupert Holmes)

I was tired of my lady, we'd been together too long.
Like a worn-out recording, of a favorite song.
So while she lay there sleeping, I read the paper in bed.
And in the personals column, there was this letter I read:

"If you like Pina Coladas, and getting caught in the rain.
If you're not into yoga, if you have half-a-brain.
If you like making love at midnight, in the dunes of the cape.
I'm the lady you've looked for, write to me, and escape."

I didn't think about my lady, I know that sounds kind of mean.
But me and my old lady, had fallen into the same old dull routine.
So I wrote to the paper, took out a personal ad.
And though I'm nobody's poet, I thought it wasn't half-bad.

"Yes, I like Pina Coladas, and getting caught in the rain.
I'm not much into health food, I am into champagne.
I've got to meet you by tomorrow noon, and cut through all this red tape.
At a bar called O'Malley's, where we'll plan our escape."

So I waited with high hopes, then she walked in the place.
I knew her smile in an instant, I knew the curve of her face.
It was my own lovely lady, and she said, "Oh, it's you."
And we laughed for a moment, and I said, "I never knew"..

"That you liked Pina Coladas, and getting caught in the rain.
And the feel of the ocean, and the taste of champagne.
If you like making love at midnight, in the dunes of the cape.
You're the love that I've looked for, come with me, and escape."

"If you like Pina Coladas, and getting caught in the rain.
If you're not into yoga, if you have half-a-brain.
If you like making love at midnight, in the dunes of the cape.
You're the love that I've looked for, come with me, and escape."

 

 

 

 

 

 

 

O que eu gosto desta música!!!!

 

Isto é que é estória de amor...

(...)

sinto-me:
música: Escape (The Pina Colada Song)
publicado por tartaruga às 14:46
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 19 de Novembro de 2007

O que realmente importa...

"Tudo o que nos rodeia - casa, emprego, luxo - não pássa de uma série de ornamentos que formam o cenário onde se desenrola o nosso amor.

 

As coisa que possuímos, os lugares onde vivemos, os acontecimentos da nossa vida... são molduras vazias.

 

Quão fácil é procurar as conchas e esquecer as verdadeira pérolas!

 

Quando terminamos a nossa estadia na Terra, a única coisa que realmente importa é até que ponto soubémos amar."

 

 

Richard Bach

in "Ponte para a Eternidade"

sinto-me: segunda-feira
publicado por tartaruga às 11:47
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 16 de Novembro de 2007

Em trejeitos de resposta...

Foto de Tartaruga

 

 

 

O Lis e o Lena enamoraram-se em Leiria e cá deixaram a sua magia!!!

 

 

Sim! Estou de volta!!!

Precisava de "esticar a molécula"... o tico e o teco andavam muito preguiçosos!!! 

E tu? Quando "voltas"!!!

sinto-me: bhaaaaaaaaaaa!!!1
publicado por tartaruga às 15:39
link do post | comentar | favorito
|

O que eu penso...

Eu acho que nos falta compaixão!

 

Acho que andamos cansados, tornámo-nos egoístas!!!

 

Acho que apontamos o dedo com demasiada facilidade, seja para quem for, em que condições for!!!

 

Acho que nos faz falta um abraço social... uma onda de amor ao próximo!!!

 

 

É sómente isto que eu acho...

 

 

Porque verdadeiramente acredito que...

 

 

é quando nos rendemos ao egoísmo que tudo desaba à nossa volta!!!!!!!

sinto-me: sei lá
publicado por tartaruga às 12:59
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Novembro de 2007

Leiria e o encantamento

Foto de tartaruga

 

 

 

Leiria terra de encanto... em ti mora a amizade!!!

 

lálá lá e na sei mais... mas tenho muita sódadinha de ouvir esta música!!!

publicado por tartaruga às 16:45
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Segunda-feira, 12 de Novembro de 2007

...

Aquilo a que a lagarta chama fim do mundo, o homem chama borboleta.

(Richard Bach)

publicado por tartaruga às 12:35
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 2 de Novembro de 2007

Do silêncio!!!

 

 Foto de Tartaruga

Ontem passeámos pela cidade!

 

EU - "Gosto de sentir a cidade assim... quieta... sossegada!!!"

ELE - "É verdade!!! Parece que a cidade é só nossa!!!"

EU - "Sim! ... parece que está em silêncio!!!"

 

 

 

 

sinto-me:
publicado por tartaruga às 12:03
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007

Ás vezes...

Ás vezes...

 

Tenho tanta coisa para dizer...

 

Tantas emoções para explicar...

 

Que só me sai silêncio!!!!!!

sinto-me: onde é que eu ando?
publicado por tartaruga às 15:35
link do post | comentar | favorito
|

Da minha série preferida...

Which Grey's Anatomy Character Are You?

You're Izzie Stevens!You love to have fun and are the life of the party! You like to meet new people and just go crazy! You're a good friend and always know what to say.

Take this quiz!

Quizilla | Join | Make A Quiz | More Quizzes | Grab Code
sinto-me: cheia de coisas para dizer
publicado por tartaruga às 15:10
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 30 de Outubro de 2007

Dublin hein?!

You Belong in Dublin
Friendly and down to earth, you want to enjoy Europe without snobbery or pretensions.
You're the perfect person to go wild on a pub crawl... or enjoy a quiet bike ride through the old part of town.
What European City Do You Belong In?
sinto-me: sei lá...
publicado por tartaruga às 17:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Outubro de 2007

De volta... ou talvez não!!!

Ando nas pesquisas...

 

Aproxima-se o dia do Bolinho, do Pão por Deus... do Halloween... enfim... que salganhada!!!

 

Ando confusa...

 

Na minha terra, eu... com alguma vergonha, lá ia ao Pão-por-Deus... sempre com a minha avó e, a casa das vizinhas e conhecidas lá da terra...!!!

 

Os miúdos do meu bairro juntavam-se em grupo e lá iam eles também... em grupo devia ser mais giro!!!

 

Pois bem, agoras é a vez de introduzir a tradição ao meu cachopo... ainda é pequenito mas percebe umas coisitas!!!

 

Mas na terra dele (que é diferente da minha), que agora também é "minha"... os miúdos não vão ao Pão-por-Deus... vão ao Bolinho!!! E até há receitas (e quase concursos) de Bolinhos... coisa que eu desconhecia...!!!

 

Como se não bastasse este choque de "costumes e tradições"... que é lógico e normal... ainda apanhamos o Halloween importado!!!!

 

"Um gajo" fica confuso... ah pois fica!!!!!!!!!!

 

E como se não bastasse não consigo encontrar no Google uma imagem decente de uma abóbora.........................!!!!!!!!!!!!!!!!!

sinto-me: confusa
publicado por tartaruga às 12:22
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 21 de Março de 2007

(Re)viver

 

Há imagens que quero guardar para sempre!!!
As capas traçadas à hora da serenata,
O burburinho de um átrio repleto de caloiros!
Palavras e olhares que se cruzam,
Semeiam amigos para a vida inteira!
O Judas e o Barrabás…
… “irmãos” intercontinentais
Na “República das Galinhas”,
lutam com a Dona Isabel, membro da CCL!
Uma tuna principiante à porta dos Filipe’s!
O Tó e o Cantante… o Alfonso e o Lisboa…
de vozes afinadas entre cerveja e guitarradas,
fazem as delicias das fãns aplicadas!!!
Há imagens que eu quero guardar para sempre!!!

Há imagens que quero guardar para sempre!!!
Um castelo altaneiro, uma moura encantada,
que por ser bela e arisca foi sempre assim amada…
Na guitarra procurei regressar,
e passados reencontrar.
Toco uma nota, e nela me deleito
para alguém que lhe tira proveito,
também saborear…
Agora me deito e a seguir me levanto,
e a roda de amigos lá se vai refazendo.
Mas por muito que me aguente
nem sempre descubro o encanto
que outrora fizera vida no nosso canto.
Canto que agora é imagem,
imagem que vou recordar
de uma explanada de sonhos plantados
e tanto para explorar...

autores:
Teresa, Carlos e muitas horas na explanada passadas

(ainda continua...)

 

sinto-me:
tags:
publicado por tartaruga às 10:17
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 14 de Março de 2007

(Re)Viver

Há imagens que quero guardar para sempre!!!

As capas traçadas à hora da serenata,

O burburinho de um átrio repleto de caloiros!

Palavras e olhares que se cruzam,

Semeiam amigos para a vida inteira!

O Judas e o Barrabás…

… “irmãos” intercontinentais

Na “República das Galinhas”,

lutam com a Dona Isabel, membro da CCL!

Uma tuna principiante à porta dos Filipe’s!

O Tó e o Cantante… o Alfonso e o Lisboa…

de vozes afinadas entre cerveja e guitarradas,

fazem as delicias das fãns aplicadas!!!

Há imagens que eu quero guardar para sempre!!!

(continua)

 

sinto-me: saudosista
publicado por tartaruga às 14:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Março de 2007

o meu doce...

O meu doce...

A razão do meu silêncio prolongado...

Cinco meses de licença de maternidade!!!

Cinco meses... só no miminho do meu bébe!

É doce e enche o meu coração de luz!!!

sinto-me: apaixonada
publicado por tartaruga às 12:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 11 de Setembro de 2006

5...

You Are 5: The Investigator
You're independent - and a logical analytical thinker.

You love learning and ideas... and know things no one else does.

Bored by small talk, you refuse to participate in boring conversations.

You are open minded. A visionary. You understand the world and may change it.
publicado por tartaruga às 09:36
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quinta-feira, 24 de Agosto de 2006

porque sim...



 
publicado por tartaruga às 10:49
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 31 de Maio de 2006

sweet child

SWEET CHILD O' MINE


She's got a smile that it seems to me
Reminds me of childhood memories
Where everything
Was as fresh as the bright blue sky
Now and then when I see her face
She takes me away to that special place
And if I'd stare too long
I'd probably break down and cry


Sweet child o' mine
Sweet love of mine


She's got eyes of the bluest skies
As if they thought of rain
I hate to look into those eyes
And see an ounce of pain
Her hair reminds me of a warm safe place
Where as a child I'd hide
And pray for the thunder
And the rain
To quietly pass me by


Sweet child o' mine
Sweet love of mine


Where do we go
Where do we go now
Where do we go
Sweet child o' mine


guns n'roses



A pensar nos tempos do secundário...!!!! ("quando andávamos no ciclo e usávamos "calças à boca de sino"") :P
publicado por tartaruga às 09:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 11 de Abril de 2006

Memória...

do tempo que passou e não volta atrás....!!!!

banda sonora: Real Tuna de Collipo, a verdadeira... one and only!!!



Quisera ser Trovador

Refrão:
lá#
E assim cantamos

quer de noite ou de dia
sol
Trovadores de capa negra

Estudantes de Leiria
lá#
Pelo nosso traje

e guitarras a tocar
sol
Vivemos mais este dia

Sempre em festa a cantar

Sonhava alto nos tempos de puberdade

Queria cantar numa tuna de verdade
Estudava muito pra acabar o secundário

Porque o meu sonho era ser
universitário

Passei os anos agarrado às sebentas

E finalmente tive média pra entrar
De malas feitas vim eu parar a Leiria

Então agora cá me encontro eu a cantar
Refrão

Comecei cedo nesta vida de boémio

Quando um dia pra tuna fui convidado
Aceitei logo pus o estudo para trás

E desde ai ando sempre emborrachado

Os bons momentos que aqui tenho
vivido

Só que os meus pais não param de me
avisar
Olha meu filho tem cuidado com o
estudo

Antes dos 30 o curso tens de acabar
Refrão


Real Tuna de Collipo
Letra: Tó e Cantante
publicado por tartaruga às 11:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 6 de Abril de 2006

No pátio...

No pássa nada!

É um pátio... à noite canta-se o fado e fica tudo aliviado!!!!


banda sonora: Xutos & Pontapés

Pequenina

Querida pequenina
És o Sol
Que me fascina
Tens a luz
Que me ilumina
Onde estás

Passa tempo passa
Cai fundo
No esquecimento
Não oiças
O meu lamento
Onde estás

Onde estás
publicado por tartaruga às 09:17
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 3 de Abril de 2006

'94

Mar, Sol, Calor e cheiro a bronzeador...

Amigos para a vida toda...

Areia e gosto a sal na pele...

Saltos encarpados em voos quase impossíveis...

Cumplicidade...

AMIZADE!!!

banda sonora: THE CULT



Sweet Salvation

Oh, ask the dust
No harm will come between us
Oh beautiful, radiant child
Eyes azure, vow to me
Your golden heart
Ooh, she moves in silence
Then whispers to me
Sets my soul harp on fire

Sweet salvation, baby
Melts my heart made of stone
Please guide me and carry me on
Sweet salvation is
For this man made of stone
Please hold me and embrace my soul

Seduced by your glance
Overwhelmed and enchanted by you, baby
Well, when the loving is good
Do you feel strong now?
You know past lives, they don't matter anyhow
Oh, she moves in silence
Then she whispers to me
Sets my soul harp on fire

Sweet salvation, baby
Melts my heart made of stone
Please guide me and carry me on, yeah
Sweet salvation is
For this man made of stone
Please hold me and embrace my soul

Sweet salvation, baby
Melts my heart made of stone
Please guide me and carry me on
Sweet salvation is
For this man made of stone
Please hold me and embrace my soul

Oh...
Yeah...
Oh...

Sweet salvation, baby
Melts my heart made of stone
Please guide me and carry me

Sweet salvation

You make me feel strong now, baby, yeah
You make me feel like the king of the world
publicado por tartaruga às 12:50
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2006

...

bebe15.jpg
publicado por tartaruga às 10:13
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2006

AAAAAAAAAIIIIIIIIIIIIII

1.JPG


imagem "roubada" a Miguel Costa


 


aaaaaaaaiiiiiiiiiiiiiiii... apetece-me ir-mos pá praça beber café e falar do mundo... fazer projectos absurdos ou não... mas viver!!!

publicado por tartaruga às 16:19
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


.posts recentes

. cinza claro em dias de ve...

. Do tempo...

. Pensamentos e pequenas co...

. Estar...

. Poesia

. Momento - do Ser... "Tudo...

. Possibilidade(s)

. ...!!!

. Num breve bater de asas.....

. Comunica(n)ção...

.arquivos

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Julho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Maio 2009

. Março 2009

. Dezembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Março 2007

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

.tags

. adro

. amigos

. bolinho

. cascais

. halloween

. karaoke

. leiria

. magia

. memórias

. música

. pac

. pão por deus

. praia

. tempo

. vida

. todas as tags

.links

online
Online Casino Sites
blogs SAPO

.subscrever feeds